Quinta-feira, 12 de Junho de 2008

A Espantosa Fera de Chaves (IV)

 

"(...) depois de receber onze tiros emprehendeo romper o mesmo cordão: foi remetida á minha prezença; tinha quatro palmos de alta, mais de sete e meyo de comprida, com hua grosura tão extrahordinaria, que se fazia incrivel em animal de semilhante espécie: do referido Lobo só há noticia de se haver visto em Galiza; e quando torne a aparecer nesta Provincia, para a sua extinsão se disporá nova deligencia.

   Dandoceme parte de que em o Destrito da Praça de Chaves, e em o da Vila de Monforte se conservava hua quadrilha de Ladroens mascarados, e facinerózos, sem que as recomendaçoens que eu havia feito ao Governador da mesma Praça o agitasem para o remedio, ordenei a meu filho Francisco António da Veiga Cabral da Camara, que em o proprio tempo que nas montarias se proseguise, se fizese quanto coubese no possivel, para que os expressados Ladroens se prendesem, seráo (...)"

 

© Capas & Companhia


publicado por blogdaruanove às 11:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.posts recentes

. Belo Zebu

. Jacto

. Jornal do Cuto

. O Tico

. O Grilo

. Pânico no Júri

. O Negro Assassino

. Selecções

. Mundo de Aventuras

. 5 x Infinito

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds