Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Fernando Pessoa (II)

 

Publicado originalmente em Julho de 1934, num número da revista O Mundo Português comemorativo da Exposição Colonial do Porto (onde, entre outros, surge um texto do futuro líder da Mocidade Portuguesa, futuro ministro e futuro Presidente do Conselho de Ministros, Marcello Caetano [1906-1980], intitulado Carta a um Jovem Português sobre o Serviço do Império), este poema integra aqui uma trilogia intitulada Tríptico.

Na versão impressa de Mensagem, publicada pouco depois, este poema integra a trilogia O Timbre e surge com o antetítulo A Cabeça do Grifo.

A única variante deste poema relativamente à versão posterior (não registada em qualquer uma das edições críticas consultadas) surge no terceiro verso, onde a forma verbal aqui presente, "Fita", foi substituída por "Tem".

Esta forma verbal, aliás, é recorrente em Mensagem, pois Pessoa utiliza-a duas vezes no primeiro poema, O dos Castelos – "(...) Fita, com olhar esfíngico e fatal, / (...) / O rosto com que fita é Portugal." e novamente no poema D. João o Segundo – "Braços cruzados, fita além do mar. / (...)".

 

© Capas & Companhia


publicado por blogdaruanove às 23:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.posts recentes

. Belo Zebu

. Jacto

. Jornal do Cuto

. O Tico

. O Grilo

. Pânico no Júri

. O Negro Assassino

. Selecções

. Mundo de Aventuras

. 5 x Infinito

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds